31 de julho de 2013

Quando você voltar...


Quando você voltar, quem sabe eu já não estarei mais aqui. Só quero que me perdoe por todo este tempo que eu te amei, e você definitivamente não sabia. Você não precisa de mim, só quero que entenda quando estiver lendo esta carta. Entenda que eu lutei muito para superar toda a minha dor, e agora eu tenho certeza que tudo vai melhorar. Não quero que pense que te esqueci, apesar de ter decidido isso muitas vezes, sozinha entre a solidão do meu quarto frio e monótono. Mas todas as minhas tentativas foram vãs, palavras perdidas que escrevi dizendo que não queria mais te amar. 
Eu sei que você não vai me procurar, mas essa cidade vai estar de braços abertos quando você resolver voltar. Todas as lágrimas que eu chorei quando você partiu, todos os versos que não pude te fazer ler. Todas as coisas que um dia eu quis dizer olhando no fundo dos teus olhos, mas que sabia que nunca seria possível. Me perdoe, meu eterno amor se não fui capaz de ir ao seu encontro quando você esteve tão próximo de mim. Me perdoe se as pessoas me julgam tanto por amar você. Só quero que quando você voltar eu ainda esteja à sua espera, ainda pense em te dar um abraço apertado e ainda queira dizer que você foi a pessoa mais importante que cruzou o meu caminho. 
Todas as coisas que eu quis, hoje eu sei que posso encontrar apenas em você. Mas você está muito longe de mim agora, e eu não posso ir ao seu encontro. Não sei se o que escrevo agora poderá te tocar, mas se você ler, quero que saiba que eu te amo mais do que qualquer coisa e que eu faria tudo para não te perder outra vez. Mas como a vida é assim, eu tenho que aceitar que por mais que você volte, vá partir novamente... E eu não poderei fazer nada para impedir. Mas mesmo você indo embora novamente, quero deixar a minha marca em você. Assim poderei ter certeza que por onde quer que você vá sempre vai lembrar de mim.

Tainara LS