1 de maio de 2013

Simples, por isso que é complicado



Todos os dias fazemos escolhas, decidimos por algo a fazer ou não. 
Podem ser coisas simples, como a cor de uma camisa, qual o filme que iremos ver entre as opções apresentadas. São decisões, escolhas que mesmo que tenhamos errado ao fazê-lo pouca ou nenhuma repercussão acontecerão com nossa vida presente ou futura. A cor da camisa não combina com a maioria das calças que tenho ou o filme que resolvemos assistir foi um aborrecimento. São situações que até podemos recordar mais tarde com risadas ou como exemplo para decisões, escolhas futuras. Mas a vida nos reserva também em algum momento situações em que as escolhas, as decisões que precisamos tomar quando colocadas em prática vão alterar profundamente nossa vida. De uma maneira ou outra. Então fica protelando, transferindo para os amanhãs algo que sabemos que um dia teremos que enfrentar quem sabe então quando a protelação tiver colocado em risco a nossa própria vida. Metáforas a parte, cada um de nós sabe interiormente que já passamos por situações parecidas e muitas vezes esquecemos as lições aprendidas. Viver Momentos, do passado tirar aprendizados e saber que o futuro quando chegar será novamente o momento.Simples não? Simples, por isto que é complicado.